Notícias

 

Obras de Cândido Portinari serão expostas em Belém - PA

09/12/2013

'Menino com Peão', obra de Portinari, em 1947 - Foto: Divulgação

 

A cidade de Belém receberá, a partir de janeiro de 2014, uma exposição nunca vista no Norte do país. O Museu Histórico do Estado do Pará (MHEP) apresenta no dia 14 de janeiro a mostra 'Portinari na Coleção Castro Maya'. A exposição ficará na cidade até março. 
Um série de desenhos, pinturas, gravuras - realizadas entre os anos de 1938 e 1959 - poderão ser vistas pelo público. São 57 obras originas de Cândido Portinari, considerado o maior artista do modernismo brasileiro. Belém é a terceira capital a receber a mostra de grande porte, e foi escolhida após alguns critérios de avaliação estipulados pelo Minc -  Ministério da Cultura. O Museu, além de bem equipado, é aparelhado e possui uma equipe multidisciplinar treinada. O transporte das peças começa a partir do dia 20 de dezembro. 
Das várias obras, destacam-se  "Menino com Pião" (1947), "O Sonho" (1938), "Grupo de Meninas Brincando" (1940), "A Barca" e "O Sapateiro de Brodósqui" (1941), "Lavadeiras" (1943) e "Morro n. 11" (1958), além da série "Dom Quixote". Tais peças foram adquiridas em leilões, galeria de arte e no próprio ateliê de Portinari por Raymundo Ottoni de Castro Maya, sendo o maior acervo público do pintor.
Sobre o pintor
Cândido Portinari nasceu em 1903, no interior de São Paulo. Desde cedo, inclinou-se para o ramo das artes plásticas. O artista começou a desenhar aos seis anos e, aos nove, participou dos trabalhos de restauração da Igreja de Brodowski, auxiliando pintores italianos. Aos 15, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde iniciou seus estudos na Escola Nacional de Belas Artes. 
Ainda jovem, após ganhar um prêmio de pintura, foi morar na França, onde aprimorou suas técnicas. Ao voltar para o Brasil retratou com beleza o povo e sua identidade.  Reconhecido no país de origem e no mundo, tornou-se tema de livros e mostras. Uma de suas memoráveis obras (os famosos painéis) encontra-se no Conjunto Arquitetônico da Pampulha e no edifício-sede da ONU, em Nova York. Portinari produziu cinco mil obras, aproximadamente.  Em 1962, Portinari faleceu, no Rio de Janeiro. 

 

 

 

O Guia Cuca é um portal onde você encontra lazer, entretenimento e conhecimento. Seja bem vindo ao Guia Cuca - Cultura e Curiosidades! A gente compartilha, você curte! Curta nossa página no facebook e também o vídeo de apresentação do site!

 
Realização

Todos os direitos reservados © 2017 Guia Cuca

Preencha os campos abaixo para enviar esta página